Pular para o conteúdo principal

DENTE DE LEÃO... SAIBA TUDO SOBRE ESTA PLANTINHA ABENÇOADA!



Plantinha tão desprezada em nosso país 
e com tantas qualidades.

Erva super nutritiva a um custo mínimo, 
pois basta olhar para os campos e jardins 
à sua volta na Primavera para poder ver 
e colher dente-de-leão em abundância.

Conta-se por aí...

 Que o dente-de-leão, esta plantinha que nasce 
entre a grama e nos buraquinhos das calçadas, 
formou-se da poeira deixada pela carruagem do Sol 
em suas andanças diárias, 
porque suas flores amarelas se abrem ao nascer do dia
 e se fecham ao cair da tarde.

Seu nome parece derivar da palavra grega Taraxos, 
que significa doença, e akos, que significa remédio. 

No século X já era usado pelos médicos árabes 
e no século XVI era um dos principais medicamentos 
das boticas na Inglaterra. 

No século XIX, na Europa e nos Estados Unidos, 
era tão comum que quase todo mundo 
tinha ao menos uma muda num vaso. 

Depois caiu no esquecimento. 

No Brasil ainda é considerado uma erva daninha, 
e não passa pela cabela de ninguém plantar dentes-de-leão. 

VEJA COMO USAR CLICANDO NA IMAGEM ABAIXO





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MAIS UM DIA... Que seja de muita cor, muita PAZ... MUITAS BENÇÃOS!

O girassol irradia luz, é movido pela luz,  não perde tempo com as sombras,  com o artificial, com o genérico. 

Nós devemos aprender essa grande lição  com esta majestosa flor,  não devemos e nem podemos perder tempo com as sombras,  estejamos sempre voltados para o nosso Sol,  o mais lindo Sol: Deus!

Deus é o nosso sol e podemos ser alguém se n'Ele  os nossos olhos, o nosso coração, a nossa vida  não tiverem voltados.

Sem Deus, somos pessoas vazias, sem luz.
DEUS É PAZ... É LUZ, COR, TUDO EM NOSSAS VIDAS!

A lenda do Ipê...

Ela diz o seguinte:
Naqueles tempos, o inverno estava nos seus últimos dias e todas as árvores da floresta estavam começando a florescer.
Somente os ipês continuavam sem flores.  Os ipês, cada vez mais se entristeciam com aquela situação.  Eles eram os únicos que não tinham nem flores nem frutos. 
Então, os amarelos canários da terra, percebendo a tristeza dos ipês, resolveram fazer seus ninhos somente nos galhos de um dos ipês. 
E ninhais também foram feitos pelas araras vermelhas e azuis e os sanhaços em outro; as garças brancas em outro,  as siaciras em outro, e num outro ipê menos imponente, foram os periquitos, jandaias, maritacas e papagaios. 
Os ipês ficaram muito felizes e resolveram pedir à Providência Divina que lhes dessem flores, como forma de agradecimento  aos canários da terra, e a todos os outros pássaros da floresta, pela alegria que tinham levado a eles.
No dia seguinte, dizem; sob o mais belo céu azul que aqueles sertões já conheceram, os ipês floresceram, em vária…

Quaresmeira e Manacá da Serra... que lindas estas duas árvores...

Lindas, foram fotografadas bem depois da quaresma deste ano. O clima mexeu muito com a vegetação nativa .
Aqui se vê a beleza das flores da Quaresmeira...



e abaixo Manacá da Serra... lindo de ser ver...



Nestas fotos que fiz, dá pra ver bem a diferença entre as duas... de longe parece iguais.


O Manacá da Serra, tem flores branca e lilás... em uma só árvore enquanto a Quaresmeira, tem flores mescladas, ou só roxinhas.

Lindas demais... estas duas árvores Com o clima bagunçado, calor em pleno inverno, ainda se vê elas floridas em vários lugares...